quinta-feira, maio 01, 2014

Dartacão | Animal do Mês - Maio de 2014

Campanha Animal do Mês


Nome:
Dartacão
Data de entrada no CAT:
Junho de 2007
Circunstâncias da recolha:
Foi deixado amarrado ao portão do Centro de Acolhimento Temporário (CAT) do Cantinho dos Animais quando era cachorrinho.


Data da assistência médico-veterinária:
Fevereiro de 2013 e Fevereiro de 2014

Motivo da assistência médico-veterinária:

Sangramento nasal recorrente. Foi testado e acusou positivo para Leishmaniose.
A Leishmaniose é uma doença causada por um parasita que invade diferentes órgãos e causa lesões consideráveis, podendo mesmo levar à morte do animal. A transmissão é feita normalmente pela picada de um mosquito, sobretudo ao anoitecer. Esta doença não se transmite directamente do cão para a pessoa. 
A leishmaniose não tem cura, mas é controlável e tratável. O tratamento inicial é muito dispendioso, sendo por isso muito importante apostar na prevenção. A manutenção do tratamento é acessível do ponto de vista económico. O Dartacão fez um primeiro tratamento com Milteforan (via oral) durante um mês e tomará um comprimido de Alopurinol, diariamente, para o resto da vida. Periodicamente faz análises laboratoriais e protaínograma.



Valor total da assistência médico-veterinária:
209,65€



As contribuições devem ser feitas para o NIB 0035 0297 00069415730 12 (CGD), mencionando SEMPRE o nome do animal em questão. Devem enviar-nos um e-mail para cantinhodosanimais@gmail.com indicando a data e valor da transferência, nome, NIF e morada para onde deve ser enviado o recibo de donativo.


No final do mês apresentaremos o valor total dos donativos, o nome dos contribuintes (mas não o valor) e o respectivo recibo de pagamento da conta.


1 comentário:

Ana Santos disse...

Já agora, aproveitando. Quem tiver Ziloric 100mg (ou alopurinol - genérico) em casa (ou quiser comprar, pois não é necessário receita médica), poderá doar ao Cantinho Dos Animais. É o medicamento que tem que ele tomar, diariamente, para o resto da vida.
há alguns segundos · Obrigado!