terça-feira, julho 24, 2012

Mais uma cadelinha... mais uma FAT...


*Actualização: adoptada!*

No Sábado passado deixaram-nos ao portão, dentro de uma caixa de cartão, esta cadelinha de 2 meses.
Estava magríssima, cheia de carraças e muito debilitada.
Com medo de a colocar junto dos outros cachorros, porque não sabíamos se estava doente, e porque efectivamente não havia espaço para ela, pedimos a uma voluntária que a levasse e ficasse com ela durante uns dias. Tem estado muito bem entregue (obrigada, Marta!), a comer e a recuperar, mas só lá pode ficar até à próxima segunda-feira (dia 30 de Julho). Precisamos, por isso, de uma FAT a partir desse dia pois tem que recuperar antes de ir para o CAT. Sabemos que é uma altura complicada, em que muita gente está de férias, mas no CAT não há, no momento, condições para a receber.

O Cantinho fornece tudo o que for necessário para a estadia (cama e comida).

Os interessados em ajudar deverão ligar para o nº 964 157 825 (só para este assunto) e combinar com a voluntária todos os procedimentos.


Gostaríamos, ainda, de partilhar convosco o "bilhete" que acompanhava a cadelinha. Relembramos que foi deixada de sexta para sábado ao portão, não sabemos se durante a tarde (o CAT fechou às 13h de sexta-feira), noite ou madrugada. Já não é novidade para nós encontrar cães atados ao portão, mas desta vez, para além da clara falta de respeito pelo animal, chocou-nos também a falta de consideração e a troça dirigida à associação e a quem nela trabalha.


sexta-feira, julho 13, 2012

Para acabar de vez com os preconceitos e superstições...

...nós dizemos
Gatos pretos??
Azar é não ter um!! 


E como não queremos privar-vos desta oportunidade única, aqui estão alguns dos nossos mais belos inquilinos!

 O Luke!

 A Pandora!



 E os bebés!!!


Não sabemos se vão chegar para todos... mas há lá mais, de outras cores!!

quinta-feira, julho 12, 2012

FAT precisa-se... novamente!


Precisamos, mais uma vez, de uma FAT para acolher esta cadelita durante a fase de pós-operatório.
Tinha uma pata partida, foi submetida a cirurgia e terá alta no Sábado.

Precisa de ficar em repouso (dentros dos possíveis, tendo em conta que com 4 meses e já sem dores só quer brincadeira...) até estar recuperada; durante os primeiros tempos de recuperação terá que ir periodicamente ao veterinário para controle.

O Cantinho dos Animais assegura todas as despesas (alimentação e custos médicos).

Os candidatos deverão ligar para o nº 964 157 825 (só para este assunto) e combinar com a voluntária todos os procedimentos.

Se não conseguirmos FAT até Sábado terá que continuar no Hospital Veterinário, o que se traduz numa despesa muito avultada.


Se não puder ser FAT mas ainda assim quiser ajudar o Cantinho dos Animais a liquidar a factura respeitante à cirurgia e internamento da cadelinha poderá efectuar um donativo para a nossa conta 0035 0297 00069415730 12 (CGD), mencionando no descritivo *cadela malagueira* (envie-nos de seguida um e-mail com os seus dados e nº de contribuinte para que lhe possamos enviar um recibo de donativo).

Até à data da alta prevista a conta respeitante à cirurgia e internamento é de 333,70€.

Obrigada!


Donativos:

Maria C******* M***** - 50€

quinta-feira, julho 05, 2012

Acerca da Taxa de Adopção...



Ultimamente, alguns sócios e potenciais adoptantes de animais têm questionado a Associação acerca da Taxa de Adopção praticada no Centro de Acolhimento Temporário (CAT) do Cantinho dos Animais.

Antes de mais, importa esclarecer que o Cantinho dos Animais não vende animais nem é seu objectivo lucrar com as adopções!

Seguidamente, é sempre bom relembrar que o Cantinho dos Animais não tem qualquer apoio fixo, público ou privado, vivendo exclusivamente das quotas pagas pelos sócios e de alguns  donativos de natureza esporádica.

Por vezes, o CAT chega a albergar cerca de 100 animais (cães e gatos) que, para poderem permanecer saudáveis e com boas condições de vida, necessitam de cuidados básicos e mínimos, como sejam, por exemplo, a vacinação e desparasitação (interna e externa).

Paralelamente, é obrigatória, por Lei, a colocação de microchip em todos os cães adoptados e a esterilização/ castração de animais de algumas raças. Porque o Cantinho dos Animais defende a esterilização e castração como forma de prevenção de ninhadas indesejadas e consequentes abandonos, tenta, sempre que possível, dar animais para adopção já nestas condições.

Para fazer face a todos aqueles custos, o Cantinho dos Animais optou por cobrar uma Taxa de Adopção, algo que, refira-se, é já prática comum em outras associações congéneres.
Assim, ainda que não as cubra na totalidade, a referida taxa é um contributo essencial para o Cantinho dos Animais poder suportar as despesas médico-veterinárias com os animais a seu cargo. Os gastos com os animais podem ser avultados e os potenciais donos devem estar alertados para esse facto. Para além disso, é importante mencionar que em adopções que se pretendem responsáveis, qualquer intervenção médico-veterinária como as atrás referidas são substancialmente mais caras se realizadas a título particular.

Por todas as razões atrás descritas, a referida taxa deverá ser vista pela positiva e entendida como um apoio à Associação e aos animais propriamente ditos. Por último, esta taxa acaba, também, por evitar adopções por impulso e decididas sem a devida ponderação.


As taxas de adopção praticadas em 2017 são as seguintes:

Cães/ cadelas
- Desparasitação, vacinação e colocação de microchip (adultos ou cachorros): 40€*
- Esterilização/ castração, desparasitação, vacinação e colocação de microchip: 70€

Gatos/ gatas
- Desparasitação, teste Fiv + Felv, vacinação e colocação de microchip (adultos ou crias): 25€*
- Esterilização/ castração, desparasitação, teste Fiv + Felv, vacinação e colocação de microchip (adultos ou crias): 40€

Aos adoptantes de animais que sofram de doenças crónicas (diagnosticadas durante a permanência do animal no Cantinho dos Animais) será cobrada apenas a taxa correspondente à colocação do microchip. Pretendemos, desta forma, minimizar a despesa com a taxa, tendo em conta as despesas que os adoptantes poderão vir a ter com a saúde do animal em questão. 

* Salvo excepções devidamente fundamentadas pelos médicos veterinários parceiros do Cantinho dos Animais todos os animais são encaminhados para adopção esterilizados/ castrados

quarta-feira, julho 04, 2012

Conta-nos como foi#02 - Pipoca


"Tudo começou neste dia, quando a minha nova dona fez uma visita ao Cantinho com os seus alunos.
Foi um amor à primeira vista!
Passados dois dias, a minha dona viu a minha foto no facebook e leu a minha história.
No dia seguinte foi ao Cantinho com vontade de me trazer logo, mas teve de esperar que me colocassem o microchip. E…
A nossa história não começou da melhor maneira, pois na primeira noite que passei em casa dos meus novos donos, estava um pouco desorientado e …fugi!
Foi um grande desgosto para a minha dona…não lhe consigo dizer onde estive, mas passados dez dias apareci, sem a minha coleira …mas muito feliz por encontrar de novo a minha dona!
E hoje aqui estou eu com o meu ar feliz e bem disposto!
Sou um cãozinho muito meiguinho, muito obediente e muito bem-educado. Tenho um novo amigo, um cachorro chamado Júnior, um bocadinho chato, mas brincamos muito os dois. Os meus donos adoram-me!"


O Pipoca foi deixado no CAT em Outubro de 2011, quando a sua dona teve que ir para um lar, e estava num profundo estado de tristeza...
Felizmente, e graças à Maria João, só lá ficou cerca de 15 dias!

E Pipoca, dá lá uma oportunidade ao Júnior, ele quando crescer acalma um bocadinho!


 
Continuamos à espera que nos enviem as vossas histórias!
E eles continuam à espera da vossa visita!

segunda-feira, julho 02, 2012

Conta-nos como foi#01 - Sushi




"Fomos, na altura da Páscoa deste ano, ao Cantinho à procura de um amigo para trazer para casa...e, encontrámos o Sushi!!!
Não foi agradável olhar para todos os animais e saber que só podíamos trazer um...
Agarrámo-nos à ideia de que, mais cedo ou mais tarde hão-de aparecer mais pessoas à procura e, todos terão a sua oportunidade de fazer outras famílias felizes.
Foi o Sushi que nos escolheu...quando pedi que mo deixassem ver fora da box...empinou-se ao colo do meu marido e ficou o assunto resolvido.
Fomos ao hospital veterinário onde fomos super bem atendidos...e viemos para casa...
Ao fim de uma semana parecia que sempre tinhamos vivido os três na mesma casa...nada a registar de estranho!
Num mês deixou de ter as costelas à mostra, domina o território à volta de casa, nunca fez menção de fugir...

É o nosso cão!"



Quando deu entrada no CAT do Cantinho dos Animais, foi baptizado de Farol. Alguém o deixara amarrado ao portão durante a noite... Felizmente, o Farol Sushi só ficou no CAT um mês, teve a sorte de encontrar rapidamente uma família 5 estrelas!!



Há animais estão no CAT, à espera, há mais de 6 anos, alguns desde bebés. Nem todos terão a mesma sorte do Sushi, mas estamos confiantes de que a maior parte deles ainda vai encontrar uma família como deve ser! Aproveitem para espreitar alguns deles aqui!

E não se acanhem de participar no Conta-nos como foi!, queremos saber por onde andam os nossos ex-residentes!!