quinta-feira, julho 05, 2012

Acerca da Taxa de Adopção...



Ultimamente, alguns sócios e potenciais adoptantes de animais têm questionado a Associação acerca da Taxa de Adopção praticada no Centro de Acolhimento Temporário (CAT) do Cantinho dos Animais.

Antes de mais, importa esclarecer que o Cantinho dos Animais não vende animais nem é seu objectivo lucrar com as adopções!

Seguidamente, é sempre bom relembrar que o Cantinho dos Animais não tem qualquer apoio fixo, público ou privado, vivendo exclusivamente das quotas pagas pelos sócios e de alguns  donativos de natureza esporádica.

Por vezes, o CAT chega a albergar cerca de 100 animais (cães e gatos) que, para poderem permanecer saudáveis e com boas condições de vida, necessitam de cuidados básicos e mínimos, como sejam, por exemplo, a vacinação e desparasitação (interna e externa).

Paralelamente, é obrigatória, por Lei, a colocação de microchip em todos os cães adoptados e a esterilização/ castração de animais de algumas raças. Porque o Cantinho dos Animais defende a esterilização e castração como forma de prevenção de ninhadas indesejadas e consequentes abandonos, tenta, sempre que possível, dar animais para adopção já nestas condições.

Para fazer face a todos aqueles custos, o Cantinho dos Animais optou por cobrar uma Taxa de Adopção, algo que, refira-se, é já prática comum em outras associações congéneres.
Assim, ainda que não as cubra na totalidade, a referida taxa é um contributo essencial para o Cantinho dos Animais poder suportar as despesas médico-veterinárias com os animais a seu cargo. Os gastos com os animais podem ser avultados e os potenciais donos devem estar alertados para esse facto. Para além disso, é importante mencionar que em adopções que se pretendem responsáveis, qualquer intervenção médico-veterinária como as atrás referidas são substancialmente mais caras se realizadas a título particular.

Por todas as razões atrás descritas, a referida taxa deverá ser vista pela positiva e entendida como um apoio à Associação e aos animais propriamente ditos. Por último, esta taxa acaba, também, por evitar adopções por impulso e decididas sem a devida ponderação.


As taxas de adopção praticadas em 2017 são as seguintes:

Cães/ cadelas
- Desparasitação, vacinação e colocação de microchip (adultos ou cachorros): 40€*
- Esterilização/ castração, desparasitação, vacinação e colocação de microchip: 70€

Gatos/ gatas
- Desparasitação, teste Fiv + Felv, vacinação e colocação de microchip (adultos ou crias): 25€*
- Esterilização/ castração, desparasitação, teste Fiv + Felv, vacinação e colocação de microchip (adultos ou crias): 40€

Aos adoptantes de animais que sofram de doenças crónicas (diagnosticadas durante a permanência do animal no Cantinho dos Animais) será cobrada apenas a taxa correspondente à colocação do microchip. Pretendemos, desta forma, minimizar a despesa com a taxa, tendo em conta as despesas que os adoptantes poderão vir a ter com a saúde do animal em questão. 

* Salvo excepções devidamente fundamentadas pelos médicos veterinários parceiros do Cantinho dos Animais todos os animais são encaminhados para adopção esterilizados/ castrados

7 comentários:

Anónimo disse...

Um esclarecimento útil e oportuno. E quanto às FAT's? Quais são os critérios que o Cantinho estabelece / exige, para permitir uma FAT? Ou posso encontrar essa informação nalgum "post" em Arquivo?
Obrigado!

* Acinonyx Jubatus *

Bixus disse...

Olá!
"Exigimos" às nossas FAT's (famílias de Acolhimento Temporário) o mesmo que exigimos ao candidatos a adoptantes: respeito pelos animais a seu cargo e compromisso de que os manterão em boas condições de vida durante a duração do acolhimento.
As FAT's são fundamentais para os acompanhamentos pós-operatórios, para a sobrevivência de ninhadas e em casos urgentes de acomodação de animais. O Cantinho assegura tudo o que for necessário para a estadia ("enxoval", alimentação, medicação, etc).

Não tem sido muito fácil encontrar FAT's, embora (felizmente!) os nossos dois últimos apelos tenham sido logo atendidos! :)

Se estiver interessado em ser FAT envie-nos um e-mail para cantinhodosanimais@gmail.com, para que o possamos registar como candidato!

Obrigada! :)

Acinonyx Jubatus disse...

Grazie!:)

Acabo de me dar conta, da necessidade de uma FAT urgente para a "cachorra malagueira".
Vou regressar a esse "cantinho" e dizer qualquer coisa.
Quem me dera, ser "um pouquinho" milionário!
Bom, obrigado!:)

* Acinonyx Jubatus *

Anónimo disse...

E se um futuro adotante não for a favor da esterilização e queira optar por essa opção mais tarde?
Caso o adotante seja de outro ponto do país, existe alguma forma de se concretizar essa adoção plena?

vieira disse...

Mais que justo, é uma forma de a associação dar continuidade ao ao seu trabalho e proporcionar uma melhor qualidade de vida aos seus animais.



vieira disse...

Mais que justo, é uma forma de a associação dar continuidade ao ao seu trabalho e proporcionar uma melhor qualidade de vida aos seus animais.



Luis Pegado disse...

Perdoe-me o comentário talvez desalinhado.
Mas os valores em questão, sem duvida importantes para a saúde do animal, não serão um factor que inibe a adopção...
Compreendo que os valores são insuficientes para cobrir os custos com que se vêm a braços mensalmente. Com certeza que já vos colocaram esta questão inúmeras vezes.